Região Bairro Novo

Fox Express

Sítio Cercado, Ganchinho etc.

0 avaliações

(41) 3363-0...

Região Bairro Novo

Amec Express

Sítio Cercado, Ganchinho etc.

0 avaliações

(41) 3333-0...

Região Boqueirão

Águia Express

Hauer, Xaxim, Boqueirão, Alto Boqueirão etc.

0 avaliações

(41) 3016-9...

Região Boqueirão

Frota Boqueirao

Hauer, Xaxim, Boqueirão, Alto Boqueirão etc.

0 avaliações

(41) 3278-7...

Região Portão

Ramoex Motoboy

Água Verde, Guaíra, Vila Isabel, Portão etc.

0 avaliações

(41) 3229-5...

Região Portão

Motofrete Curitiba

Água Verde, Guaíra, Vila Isabel, Portão etc.

0 avaliações

(41) 8477-5...

Região Santa Felicidade

Motoboy ABC

Mossunguê, Butiatuvinha, São Braz, Orleans etc.

0 avaliações

(41) 3285-1...

Região Santa Felicidade

Flexexpress

Mossunguê, Butiatuvinha, São Braz, Orleans etc.

0 avaliações

(41) 9669-1...

Região Pinheirinho

Conex Express

Caximba, Tatuquara, Capão Raso, Pinheirinho etc.

0 avaliações

(41) 3029-2...

Região Pinheirinho

Motofrete Curitiba

Caximba, Tatuquara, Capão Raso, Pinheirinho etc.

0 avaliações

(41) 8477-5...

Região CIC

Moto Agil

Riviera, São Miguel, Augusta, Cidade Industrial etc.

0 avaliações

(41) 3285-7...

Região CIC

Motofrete Sidinei

Riviera, São Miguel, Augusta, Cidade Industrial etc.

0 avaliações

(41) 8442-7...

Região Cajuru

MC MOTOBOY

Capão da Imbuia, Guabirotuba, Uberaba, Cajuru etc.

0 avaliações

(41) 8479-6...

Região Cajuru

Alfa Motoboy Curitiba

Capão da Imbuia, Guabirotuba, Uberaba, Cajuru etc.

0 avaliações

(41) 3024-3...

Região Matriz

Carleto Logística

Centro Cívico, Rebouças, Cristo Rei, Batel etc.

0 avaliações

(41) 3521-0...

Região Matriz

Dco Motoboy

Centro Cívico, Rebouças, Cristo Rei, Batel etc.

0 avaliações

(41) 3206-8...

Região Boa Vista

MOTOBOY MIX

Tarumã, Barreirinha, Bacacheri, Pilarzinho etc.

0 avaliações

(41) 3665-7...

Região Boa Vista

BM Boys Expresss

Tarumã, Barreirinha, Bacacheri, Pilarzinho etc.

0 avaliações

(41) 3026-1...

Anuncie Conosco

Faça parte do maior portal de Motoboy em Curitiba, são mais de:

8

Regiões

74

Bairros

51

Motoboys

Escolha um motoboy por bairro ou região de Curitiba

O portal Motoboy Curitiba conta mais de 40 empresas de entregas express cadastradas, com profissionais qualificados que prestam serviços para instituições, pessoas físicas e empresas. A escolha pelo moto frete mais próximo de você pode ser realizada por meio do mapa de Curitiba, ao refinar a busca por bairro e/ou região.

Serviços prestados por motoboy

Os serviços prestados por moto boys do portal Motoboy Curitiba varia de acordo com cada empresa e podem ser feitos 24 horas ou em um determinado horário. Geralmente, os serviços oferecidos para Curitiba e região metropolitana são: coletas e entregas rápidas (coleta e entrega de malotes, contratos, cartões de crédito, laudo, cobrança e entrega de faturas, transporte de materiais, resultados de clínicas médicas e odontológicos, entre outros), terceirização de frota, entregas de revistas e convites e serviços burocráticos bancários (pagamentos, recebimentos, depósitos, entre outros) e em órgãos públicos (certidões, protocolos e outros), além de serviços especiais personalizados para atender à necessidade do cliente. O preço dos serviços prestadores varia de acordo com cada empresa.

Vagas de empregos para motoboys

Os motociclistas que têm interesse em trabalhar na profissão de motoboy devem estar adequados aos seguintes requisitos: ter mais de 21 anos e CNH na categoria A há pelo menos 2 anos; a motocicleta deve ser registrada na categoria "aluguel" e possuir placa vermelha; ter realizado o curso de moto frete; ter registro na URBS (para os que moram em Curitiba) ou registro nos órgãos responsáveis (para aqueles que moram na região metropolitana); ser aprovado no processo de E.A.R e adequar a motocicleta com a protetor para pernas, antena corta pipa e baú com faixas reflexivas. Os motoboys podem ser contratados para prestar serviços para empresas e pessoas físicas, realizando serviços avulsos ou exclusivo para firmas.

Curso de moto frete

A Resolução 356 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) regulamenta a Lei nº 12.009/2009, que regulamenta a profissão do motoboy e motofrete, além de estabelecer requisitos mínimos de segurança para o exercício da profissão, por meio do transporte de passageiros remunerados (mototáxi) e também de pequenas cargas em motociclistas. Uma das determinações é que o motociclista deve realizar o curso de moto frete para exercer a profissão. O curso tem carga horária de 30 horas/aula, sendo 25 horas/aula teórica e 5 horas/aula de prática de pilotagem profissional. Para realizar o curso, o motociclista não pode estar com sua carteira apreendida, nem impedido de exercer seus direitos ou com seu direito de dirigir suspenso. O objetivo do curso é aprimorar a capacitação dos moto boys e reduzir o número de acidentes envolvendo motoboys, além de aumentar a qualidade do serviço prestado.
SINTRAMOTOS - Sindicato dos Trab Condutores de Veículos, Motonetas, Motocicletas e Similares de Ctba e RM

O sindicado dos Moto boys de Curitiba é a entidade responsável por representar os motoboys e motofretes da capital paranaense, tendo como principal objetivo defender os interesses da categoria, estabelecendo contratos coletivos de trabalho e acordos com os empregadores, além de proporcionar parcerias e convênios para os associados. Está localizado na rua Desembargador Westphalen, nº 1032, bairro Rebouças, Curitiba/PR.

Adicional de periculosidade para motoboy

O adicional de periculosidade é um direito conquistado pelos moto boys, mototaxistas e moto fretes e em vigor desde o dia 5 de janeiro de 2015. Correspondendo a 30% do valor do salário do empregado, não está incluso no adicional nenhuma gratificação, lucros de participação na empresa ou acréscimo de prêmios. Não é necessário que o motoboy passe por nenhuma perícia para obter o adicional de periculosidade por ser um direito assegurado a todos os profissionais de entregas express invariavelmente.

Mobilidades de contração de motoboys

O motoboy pode exercer sua função como autônomo, ao realizar seus serviços por conta própria e sem nenhum vínculo empregatício, como funcionário da empresa com registro na carteira de trabalho e cumprindo suas obrigações empregatíciais, e associado a empresas de moto frete, na qual cooperativas, associações e empresas contratam os moto boys e cobram uma porcentagem do custo da entrega.